Ainda sobre o falecimento do Pe.Léon Grégoire

05/01/2011 06:19

 

A Cidade amanheceu em luto com a morte do querido Padre Leon Gregório, por volta de 01h30min da manhã de hoje. Ele se encontrava na cidade de Aracaju, recuperando-se de uma cirurgia, quando sofreu ataque cardíaco e não resistiu.

Devido ao falecimento, a Prefeita, Luana Michele decretou luto oficial por três dias e feriado amanhã (04/01)  e anunciou o adiamento da data da Festa de Reis, definindo em breve uma nova data para o evento.

O velório será realizado hoje no Jardim do Padre, e o sepultamento será na manhã desta terça-feira, 4,  na Nova Igreja.

Natural da Bélgica, nascido na cidade de Barchon, pequeno vilarejo rural perto de Liege, em 25 de março de 1925. Depois dos estudos secundários interrompidos por sua participação na segunda guerra mundial no Exército Secreto belga, tomou, em 1947, o hábito dos Missionários Redentoristas.

 

Consagrou-se pelos votos Evangélicos em 15 de setembro de 1948 e foi ordenado Padre na mesma data de 1953. Trabalhou na Bélgica como missionário e professor até 1965, quando veio para a cidade de Propriá a pedido de D. José Brandão de Castro, 1º Bispo da Diocese de Propriá. Foi Pároco de Propriá, Canhoba, Amparo de São Francisco, Telha, até 1971, desenvolvendo com o Pe. Nestor grande trabalho social, concretização das atividades espirituais evangelizadoras, fundando também o Colégio Santo Antônio e a igreja de São Pedro.


 

Em 21 de março de 1971, assumiu a Paróquia de Nossa Senhora da Glória (incluindo então Monte Alegre, Poço Redondo e Canindé de São Francisco) até o 06 de fevereiro de 2000, quando ficou Pároco emérito, continuando suas atividades espirituais e sociais, muito amado pelo povo.


 

Com o seu carisma Redentorista de dar prioridade pastoral aos mais abandonados e sofredores, num tempo em que os poderes públicos eram absolutamente ausentes na assistência aos pobres, empenhou-se muito junto à parte do povo mais carente: colaborando na implantação de Cooperativa agrícola que deu origem ao Povoado São Clemente (por esse motivo conhecido também como Vila do Padre), a Creche, Jardim de Infância, Orfanato, Criança-Cidadã, Pastoral da Criança (sendo Glória a 1ª Paróquia na Diocese de Propriá a implantar essa Pastoral tão importante), Projeto Luz do Sol, Pastoral da Saúde (trazendo milhares de filtros de água para as pessoas que consumiam água sem nenhum tratamento), hospital, ambulatórios, farmácias comunitárias (com a assistências de enfermeiras francesas), Colégio de 2º. grau, apoio aos assentamentos rurais, produção de milhares e milhares de mudas de árvore, além das celebrações sacramentais evangelizadoras, formação de Catequistas, Santas Missões, construção de igrejas etc: uma vida de Redentorista bem preenchida e doada à causa dos pobres e da Igreja de Jesus Cristo.


 

Em 15 de setembro de 2003, celebrou com toda a Comunidade Católica de Nossa Sra. da Glória e Região os 50 anos de Sacerdócio, dando continuidade em pleno gozo da sua saúde às suas atividades como Missionário.

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: http://www.soudegloria.com/?pg=noticia&id=1489